DETERMINAÇÃO DO TEOR DE 
ÁLCOOL EM GASOLINA


MATERIAL UTILIZADO
PROCEDIMENTO 


    INTRODUÇÃO:

A gasolina é um produto combustível derivado intermediário do petróleo, na faixa de hidrocarbonetos de 5 a 20 átomos de carbono.
    Uma das propriedades mais importantes da gasolina é a octanagem. A octanagem mede a capacidade da gasolina de resistir à detonação, ou sua capacidade de resistir ás exigências do motor sem entrar em auto-ignição antes do momento programado. A detonação (conhecida como "batida de pino") leva à perda de potência e pode causar sérios danos ao motor. Existe um índice mínimo permitido de octanagem para a gasolina comercializada no Brasil, que varia conforme seu tipo. 
    O álcool etílico, umas das substâncias adicionadas à gasolina tem vital papel na sua combustão, pois sua função é aumentar a octanagem em virtude do seu baixo poder calorífico. Além disso, o fato propicia uma redução na taxa de produção de CO. A porcentagem de álcool é regulamentada por Lei, e recentemente foi estabelecido um novo padrão que é de 18 a 24%. Se por um lado existe vantagens, existem as desvantagens também, como maior propensão à corrosão, maior regularidade nas manutenções do carro, aumento do consumo e aumento de produção de óxidos de nitrogênio.
    Disso tudo, nota-se a importância para a frota automotiva brasileira e para o meio ambiente, o rigoroso controle dessa porcentagem.

    MATERIAL UTILIZADO:

-    Proveta de 100 mL com tampa.
-    Amostra de Gasolina.
-    Solução saturada de NaCl.
-    Luvas e óculos de proteção.

    PROCEDIMENTO:

1 -    Colocar 50 mL de gasolina comum em uma proveta de 100 mL ± 0,5 mL com tampa.

2 -    Completar  o volume até 100 mL com a solução saturada de NaCl.


FIGURA 1 - Montagem do experimento.

3 -    Fechar a proveta, misturar os líquidos invertendo-a  5 vezes. 
OBSERVAÇÃO: Segure firme para evitar vazamentos.


FIGURA 2 - Animação do experimento.

4 -    Manter em repouso até a separação das duas fases.

5 -    Ler o volume de ambas as fases.

6 -    Denominar o volume da fase aquosa de V'.

7 -    Subtrair de V', 50 mL e denominar este novo volume de V'', conforme a seguinte equação:

V'' = V' - 50 mL

V'' corresponderá  à quantidade de etanol presente em 50 mL da amostra de gasolina.
8 -    Calcular a % de álcool na gasolina, através da seguinte relação:

50 mL    —    100%
V"        —     x %

9 - Determine a massa da gasolina e expresse a % em m/m.

CUIDADOS IMPORTANTES:

- Não acender ou ligar nenhum tipo de fonte de calor.
- Usar  óculos de proteção e luvas.
- Realizar o experimento na Capela, preferencialmente.
- Guardar a fase não aquosa em recipiente adequado que estará disponível no laboratório para que seja adequadamente tratado.

 

Clique aqui para voltar à página de Experimentos de Química Geral