Césio

Informações Gerais

     O césio (Cs), foi descoberto em 1860 por Robert W. Bunsen e Gustav Kirchoff por espectroscopia através das suas linhas espectrais azuis. Ele é sólido prateado e macio, sendo o mais eletropositivo do grupo dos metais alcalinos. O Césio se torna líquido próximo à temperatura ambiente (298K). Ele não ocorre livre na natureza, apenas sob forma combinada com outros elementos. Ele pode ser isolado por eletrólise do cianeto de césio (CsCN) fundido ou obtido na forma gasosa com elevada pureza, através da decomposição térmica da azida de césio (CsN3).

     Nome do Elemento: Césio
     Símbolo Químico: Cs
     Número Atômico (Z): 55
     Peso Atômico: 132,90545
     Grupo da Tabela: 1 (IA)
     Configuração Eletrônica: 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 3d10 4s2 4p6 4d10 5s2 5p6 6s1
     Classificação: Metal Alcalino
     Estado Físico: Sólido (T=298K)
     Densidade: 1,873 (g/cm3)
     Ponto de Fusão (PF): 301,59 K
     Ponto de Ebulição (PE): 944,0 K

Origem do Nome

     Vem do latim  "caesius" que significa céu azul.

Histórico

     1860 – Descoberto por Bunsen e Kirchhoff, por espectrometria em uma amostra de água mineral.

Disponibilidade

     Encontrado em minerais como a lepidolita (fluossilicato hidratado de alumínio, lítio e potássio) e a polucita (silicato hidratado de alumínio e césio, (Cs4Al4Si9O26).H2O).

Produção

     Pode ser obtido pela eletrólise do cianeto fundido e outros meios.

     Em forma pura, sem gás, pode ser produzido pela decomposição térmica da azida de césio.

Aplicações

     Em células fotoelétricas. Como agente catalisador na hidrogenação de compostos orgânicos.

     Por causa da grande afinidade com o oxigênio, é usado para removê-lo em válvulas eletrônicas.

     Isótopos são empregados em relógios atômicos (precisão de 5 s em 300 anos) e para fins medicinais.