Faculdade de Ciências
Faculdade de Ciências
   
 
ENCINE - Ensino de Ciências e Inclusão Escolar
Principal

Site Atualizado em 25-09-2013

O site Ensino de Ciências e Inclusão Escolar (ENCINE) foi criado com o objetivo de tornar disponível aos docentes, pesquisadores e discentes os principais artigos publicados por mim e por colaboradores acerca da temática:  ensino de ciências para alunos com deficiências. Ele é tornado disponível em época em que as discussões sobre inclusão de alunos com deficiências vivem uma perspectiva de crescimento, ainda que incipiente, porém necessárias num contexto social cada vez mais heterogêneo.  Ao longo do tempo, a tendência por ele enfocada, evoluiu da abordagem exclusiva inerente ao ensino de física para alunos com deficiência visual, para uma mais abrangente, referente ao ensino de ciências para alunos com deficiências (visual, auditiva, física, intelectual).  Assim, O  site aborda, por meio das pesquisas que divulga,   formas de se ensinar e aprender ciências de acordo com um padrão caracterizado pela diversidade sensorial.
Vivemos uma mudança de paradigma social. Estamos, em relação à participação da pessoa com deficiência,  no início da passagem de uma visão segregacionista e assistencialista para uma inclusivista e de autonomia. Não faz muito tempo que a interpretação comum e direta acerca da escolarização do aluno com deficiência convergia à criação de espaços diferentes e separados dos alunos sem deficiências. Há aqueles que defendem tal ponto de vista. Há, entretanto, uma postura crítica que defende o direito à manifestação da diversidade em seus múltiplos aspectos. Esta postura, tornada organizada e legal por convenções internacionais e legislações nacionais, reconhece na heterogeneidade humana a potencialidade de novas abordagens sociais, e especificamente, para a sala de aula de ciências, metodológicas e de valorização da multissensorialidade.
A diversidade é algo que marca o ser humano. Entendê-la e explorar suas potencialidades  valoriza o homem e cria situações de atuação plena, pois, estrutura os ambientes físico e social em função de múltiplas variáveis. Tal estruturação, na lógica da inclusão, é central para a participação efetiva de todas as pessoas.  Neste contexto, defendemos mais do que a criação de estratégias e materiais específicos aos alunos com deficiências. A compreensão da função de tais elementos é indispensável à consolidação de um espaço educacional inclusivo. Concordamos que a valorização de múltiplas potencialidades em sala de aula vai além, apontando para o aproveitamento da diversidade humana, gerando assim ambientes adequados à participação de todos os alunos. Assim, não basta ver, é preciso tocar, ouvir, cheirar, não basta a  obtenção de conclusões próprias, é preciso o compartilhar, o questionar, o descrever sob várias perspectivas. Reconhecemos então a importância da diversidade, revelada em nossas investigações em razão da utilização, em processos de ensino/aprendizagem,   dos múltiplos sentidos constituintes das vias perceptuais que nos abrem ao mundo.

Prof. Dr. Eder Pires de Camargo

SABERES DOCENTES PARA A INCLUSÃO DO ALUNO COM DEFICIÊNCIA VISUAL EM AULAS DE FÍSICA Novo

(ISBN: 978-85-393-0353-3)
Editora UNESP, primeira edição, 2012

Saberes Docentes para a inclusão do aluno com deficiência visual em aulas de Física

1° ENEPI - Encontro Educacional na Perspectiva Inclusiva: Ações e Reflexões Pedagógicas para Deficientes Visuais

O GRUPO DE PESQUISA

Disciplina: Tópicos Especiais de Educação para o Ensino de Física: O Ensino de Ciência e a Inclusão de Alunos com Necessidades Especiais.

Atividades Experimentais Desenvolvidas

LEPENCINE

Livros Novo

Artigos e Publicações

Teses e Dissertações

Notícias Novo

Contato

 site em construção

Desculpe-nos o transtorno. O site encontra-se em fase de atualização!